terça-feira, 30 de agosto de 2016

Silvera - Canto remixes (single promocional)

Capa

A vida toda, grande parte do Brasil acreditou na informação de que se alguma coisa faz sucesso no Rio de Janeiro ou em São Paulo, significa que faz sucesso no país inteiro. Mas, isso não é verdade! No passado recente essa situação era comum, mas agora com a tecnologia disponível a favor da comunicação exata e imediata, as pessoas começaram a perceber que a história é outra. Independente de Rio ou de Sampa, cada estado brasileiro possui luz própria. É claro, que existem emissoras de rádio que são mais importantes e exercem um poder midiático maior sobre a sociedade. Entretanto, nem todas as estações de rádio conseguem ou possuem o interesse de abraçar a pluralidade de artistas e estilos musicais brasileiros, cultuados em todo o território nacional. Simples assim. 

Estudiosos afirmam que essa situação seria um dos fatores para explicar o fato de que por melhor que seja o trabalho musical - se não houver empatia ou conhecimento do público - pouco vai adiantar produzir qualquer tipo de canção. Na mesma linha de raciocínio, ao observar diversos artistas que conseguem chegar o estrelato, podemos perceber que a "conquista" não significa que as celebridades irão obter o sucesso de forma plena. Mas, ele virá de forma parcial e confinado a um gueto de pessoas e a um tipo de classe social, apenas. Estudos sociais realizados entre a população brasileira, sugerem que não existe unidade musical no pais!
Contracapa

Nesse ambiente chegamos ao trabalho desenvolvido pelo cantor e compositor  Silvera. Em 2005 ele lançou pela gravadora TRAMA o álbum Silvera 2, que apresentava onze faixas com referências do R&B a Soul music.

Silvera produziu e compôs todas as músicas e, inclusive, tocou todos os instrumentos com exceção da faixa “Ninguém Mais”, que conta com a participação do maestro César Camargo Mariano, no piano. Naquele momento (2005), a gravadora distribuiu de forma promocional o CD single da música "Canto", com um total de sete versões bem interessantes. Quatro canções foram remexidas por Eddie Valdez & Fernandinho Dj e um remix foi assinado pelo pessoal do Vitrolla All Stars, que era formado por Grand Master Ney, Silvinho e Tubarão SP. Atualmente, o cantor Silvera anda um pouco distante da cena pop e está se dedicando ao estilo musical Gospel. Para fãs e admiradores do cantor, o single destaca uma estética musical voltada para remixes em Drum´n´ bass e House. Vale pelo registro!

O single possui as seguintes faixas:

1- Canto (Original Version) 4:05
2- Canto (Vitrola All Stars Remix)  4:01
3- Canto (Eddie Valdez & FDJ Urban Radio Mix) 4:16
4- Canto (Eddie Valdez & FDJ Urban Mix) 5:47
5- Canto (Eddie Valdez & FDJ D&B Radio Mix) 4:14
6- Canto (Eddie Valdez & FDJ D&B Mix) 6:54
7- Canto (Eddie Valdez Latin Dub House Mix) 6:44

CD

*Não há registro que o single tenha sido lançado em vinil. 

sábado, 20 de agosto de 2016

Fat Family - Pra onde for, me leve / Fim de tarde remixes (Single promocional - Item de colecionador)

Capa

O single de remixes das canções Pra onde for, me leve e Fim de tarde do  grupo Fat Family resgata dois momentos. No primeiro ele promove os remixes da música “Pra onde for me leve” e, no segundo, ele relembra os remixes da canção “Fim de tarde”. O qual, foi - logisticamente - mal distribuído entre as emissoras de rádio e entre os djs, na época em que o single individual foi lançado. O blog Brasilremixes já fez a postagem do promo da canção “Fim de tarde” e para rever clique aqui!

As duas músicas fazem parte do álbum “Pra onde você for, me leve” lançado em 2001 pela gravadora EMI-Odeon.
Contracapa

Em virtude do estilo melódico do Fat Family estar voltado para a Black Music, Soul, R&B e MPB, consequentemente, os remixes produzidos pelo pessoal do Hitmakers não apresentam surpresas e mantém as mesmas referências musicais que garantiram o sucesso do grupo, que em 2016 está comemorando 20 anos de carreira e trabalha na promoção da sua nova música chamada “Mexe esse pescoço aí”. Mas, essa é uma outra história.
Fat Family em 2016 / Reprodução

Para a felicidade dos colecionadores e fãs, o single registra as seguintes faixas:

1- Pra onde for, me leve - Original version 4´31
2- Pra onde for, me leve - Hitmakers sexy radio Edit 3´38

4- Fim de tarde – Versão original 4´06
5- Fim de tarde – Original Cuti extended mix 5´09
6- Fim de tarde – Original Cuti edit mix 3´30
7- Fim de tarde – Cuti radio mix 3´07

CD

*Até o momento não há registro que este single tenha sido lançado em vinil.

** Na imagem seguinte você pode ver a capa do single promocional com a nova canção “Mexe esse pescoço aí”. 

domingo, 14 de agosto de 2016

Electronic promo 2005 - ST2 Records (compilação vários)

Capa

Na primeira dezena do século XX o Brasil começava a colher alguns frutos musicais eletrônicos, que haviam sido plantados no final do século passado. A velha diretoria das gravadoras nacionais, aos poucos era substituída por novos olhares e novos ouvintes mais atentos ao desenvolvimento e a renovação do mercado musical brasuca.
Contracapa

Para quem buscava novidades na época,  podemos destacar a compilação ST2 Electronic promo 2005, que registra o trabalho musical de alguns brasileiros que faziam parte da gravadora ST2 Records. São eles: André Andreo, o projeto Benzina de Edgar Scandurra (banda Ira), Dj Mystical que também atendia pelo codinome Maracutaia e, Deeper & Pacific.
Andre Andreo / Imagem reprodução

Para curtir o Cd é importante que o internauta esteja familiarizado com a estética eletrônica e a dinâmica melódica ao qual o estilo se propõem. temos aqui uma compilação de sabores musicais variados que flertam como o Downtempo, House, Deep House, Future Jazz, Techno, Nu Bossa e Drum´n´bass. O trabalho possui ótimos momentos musicais que irão agradar a galera que gosta de canções voltadas para Lounges e Chill-outs.  
Dj Mystical / Imagem reprodução

A equipe do blog Brasilremixes constatou que a maioria das canções foram lançadas de forma oficial no mercado brasileiro, através de coletâneas produzidas pela gravadora ST2 Records.

A compilação apresenta as seguintes canções: 

03- Benzina aka Scandurra - Dream pop (Eraldo Palmero remix) 6´57
04- André Andreo – Straight from the sky 4´23
05- Deeper & Pacifc – Disco magic 6´59
06- Macumba feat. Dj mystical – I kiss you 7´02
07- Deeper & Pacifc  feat. Luz Mariam – Levanta-te 4´48
08- Deeper & Pacifc  feat. Vanessa Falabella – Harmony (DSremix) 6´37
09- Benzina aka Scandurra – Orgânico eletro rock (Radio Edit) 4´11
10- Bassclash – Bassclash (Digital Skin remix) 6´22 */*       
11- Soul Slinger feat. Zaiana – Chemtrails 6´09 */*
12- Dj Mystical – Restful 6´48
14 Maracutaia feat. Samuel Fraga – Camisa listrada 4´17

* Não há registro que a compilação promocional tenha sido editado em vinil.

** As melodias marcadas por um  (*/*) não são de artistas brasileiros.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Biquini Cavadão - No mundo da lua / Tédio remix (Single promocional - Item de colecionador)

Capa

Alguns momentos na década de 80 registram a doce inocência do poprock nacional. Entre eles, podemos lembrar a passagem das canções Tédio e No mundo da lua, que marcaram o inicio de carreira da banda Biquini Cavadão. Estávamos em 1985, o rock e o poprock dominavam as paradas de sucesso nas principais rádios no Brasil e ao mesmo tempo, se transformava na linguagem musical da juventude.
Biquini Cavadão em início de carreira
Biquini Cavadão no tempo atual

Nessa época, o grupo Biquini Cavadão era o mais novo artista contratado da gravadora Polygram. A banda lançou um single 12" vinil para promover a canção No mundo da lua e o remix da canção Tédio.
Contracapa

Ambas as melodias são ótimas e tiveram uma repercussão comercial muito boa. O remix por sua vez, não apresenta surpresas e segue a estética bem característica de remixes roqueiros produzidos no país nos anos oitenta. De acordo com informações obtidas através do site oficial da banda, o remix foi produzido por Carlos Beni com palpites do Dj Memê. 

Lembramos que outro remix da canção Tédio foi lançado em 1998, na compilação que reuniu vários sucessos da banda remixados por vários Djs e que já foi postado pelo blog. Para rever clique aqui!  Mas atenção! O remix da canção Tédio de 1985 é diferente do remix da canção Tédio de 1998. 

O single possui as seguintes canções:

LADO A
1- No mundo da lua - 3´05

LADO B

1- Tédio (remix) - 3´30

* O single não foi editado em CD.

** Na imagem seguinte podemos ver a capa/contracapa do single 12" em vinil promocional simples, que foi lançado com a música Tédio na versão original.