domingo, 13 de setembro de 2015

MPB Eletrônica remixes (Compilação promocional - Item de colecionador)

Capa

Surpresa!!! Com muita satisfação anunciamos a descoberta de uma coletânea de remixes nacionais que poucas pessoas ouviram falar. Trata-se da compilação MPB Eletrônica, que destaca diversos remixes, mas que foram mal promovidos - numa época em que uma galera de fé - tentava produzir musicas brasileiras remixadas para o povo dançar nos clubes e nas festas. Muitos colecionadores de plantão não esperavam por essa, mas a equipe do blog conseguiu localizar um exemplar perdido numa loja de artigos musicais pela internet e hoje apresentada pra vocês! 
Contracapa

A compilação MPB Eletrônica foi produzida em 2002 pela gravadora Abrilmusic. Nessa época a label fazia suas apostas nos beats eletrônicos, que agitavam o mercado musical e distribuiu uma coletânea com onze remixes de vários artistas brasileiros. Mas, apesar das limitações.....
Sim - a equipe do blog considerou a iniciativa do trabalho, mais importante que o resultado!
Os remixes seguem uma proposta comercial direcionada para cativar novos consumidores e satisfazer a galera, que já estava familiarizada com a vibração dançante. A coletânea destaca novos artistas e outros que já possuíam uma sólida carreira
 no mercado. Entretanto, até o momento não localizamos na WEB, todos os remixes para serem ouvidos pelos leitores do blog.

A compilação promocional registra os seguintes versões:

1- Gal Costa – Socorro (Cuca Pop remix) 3´45
Análise: O remix produzido pelo Dj Cuca é moderado e a versão se enquadra muito bem no play list de programas de rádio.

2- Patrícia Coelho – Você me atrai (Tchorta/ Ramilson Maia radio version) 3´41
Análise: Boa melodia com remix comercial bem interessante ao trazer influências da House music. Produzido por Tchorta e Ramilson Maia.

3- Zeca Baleiro – Telegrama (Dj VC Factory) 4´09
Análise: É um pouco complicado analisar essa versão. Não pelo fato do cantor, mas pelo conceito melódico parecer um emaranhado de beats eletrônicos, jogados numa melodia. A versão produzida por DJ VC Factory ficou interessante, mas não convenceu. Entretanto, vale pela tentativa.

4- Maurício Manieri – Se quer saber (Club mix) 4´51
Análise: Diferente do remix anterior, as canções de Maurício Manieri já fazem parte de muitas festas pelo Brasil e esse remix comercial ficou ótimo! Recomendamos!

5- Chico César – Respeitem meus cabelos brancos (Dj VC factory versão rádio) 3´55
Análise: Vale pela tentativa, mas o remix Euro house não convenceu. A versão é ótima pra quem gosta de Tecnobrega!

Análise: Qualquer remix produzido pelo Dj Felipe Venâncio não se trata de qualquer tipo de remix. Aqui tem uma vibe, uma história a ser contada. Nesse caso, a história principal passa pelas vertentes da House music. Essa versão é para ser tocada em programas de rádio, porém se você quiser dançar nos clubes, pule para a faixa mais longa no final do CD.  Diversão garantida, sem preconceitos!

7- Gal Costa – Socorro (Cuca Pop Dance remix) 3´45
Análise: Infelizmente existe pouca diferença entre a versão Cuca pop remix e a versão Cuca Pop Dance remix. Aliás, o tempo de duração das duas melodias é igual. Ficou faltando a versão “Club” - mais longa, é claro. Porém a ideia do remix é boa para programas de rádio.

8- Patrícia Coelho – Você me atrai (Tchorta/ Ramilson Maia Extended version) 5´10
Análise: Essa versão em clima de House music ficou muito legal ao destacar algumas pitadas de “Music sounds better with you” do Stardust. O remix é mais longo que a outra versão incluída no mesmo CD. Perfeito para agitar o povo nos clubes!

9- Zeca Baleiro – Drumebêis – (remix Andre Ambujanra) 4´48
Análise: Esse remix segue o estilo do nome da canção, ou seja uma levada de drum ´n´bass, bem empolgante para fãs do gênero.

10- Maurício Manieri – Cada segundo (Manieri Club Mix) 4´01
Análise: Remix comercial recheado de referências do Hip-Hop e da Black Music.  Bom para ser tocado no rádio e nas festas do estilo.

11- Lady Zu – Eu vou te provar (A Domestic House mix) 8´05
Análise: Como foi já foi escrito, qualquer remix produzido pelo Dj Felipe Venâncio não se trata de qualquer tipo de remix. Aqui tem uma vibe, uma história a ser contada. Nesse caso, a história principal passa pelas vertentes da House music. Porém, mesmo que a versão não tenha caído no gosto popular, a proposta do remix é ótima para ser tocada no dancefloor. Para a felicidade dos fãs, essa faixa foi incluída no álbum chamado "Number One", que a cantora lançou comercialmente em 2002, pela Abril Music. 
CD 

* Não há informação que a coletânea tenha sido lançada comercialmente ou editada em vinil.

** Algumas canções foram lançadas em singles promocionais individuais.

4 comentários:

Felipe Vieira - DJ disse...

Legal e como consigo obter o disco?

12345 disse...

A equipe do blog informa que é possível encontrar o Cd promocional em lojas de discos usados ou com djs. Uma outra alternativa é garimpar com as grandes emissoras de rádio em SP e no Rio.

Carlos Almeida disse...

Boa tarde,

E não tem como disponibilizar o download dele aqui?

Agradeço.

12345 disse...

Olá, a equipe do Brasilremixes entende o seu pedido, mas informa que o blog não disponibiliza downloads.
Nós apenas organizamos didaticamente algumas informações para o público, a respeito dos remixes que foram editados de forma promocional por artistas brasileiros aos longo dos últimos 40 anos. Alguns singles postados aqui são ilustrativos e o blog não possui todos remixes, infelizmente.
É preciso garimpar junto as emissoras de rádio e alguns djs pelo Brasil, que talvez tenham recebido os Cds promocionais das gravadoras! :)